Mostrando todas as publicações do Distrito

EMPRESA CIDADÃ: UNICAMPO investe na região do COMCAM há quase 10 anos

Situada em Campo Mourão desde 2010, a UNICAMPO – Faculdade União de Campo Mourão possui aproximadamente 1000 alunos entre graduação e pós-graduação. Destes, cerca de 50 a 55% são de outras cidades. “Para um município do porte de Campo Mourão, a construção de mais uma instituição de ensino somou ao desenvolvimento da cidade, que recebe um novo público, movimenta as necessidades de moradia”, destaca Renato Pacholek, 67 anos, sociólogo, professor, formado em Letras, com várias pós nas áreas de Gestão, Social e Pedagógica, mantenedor da Unicampo. Empresa Cidadã do Distrito 4630, Pacholek se diz muito satisfeito com a parceria. “Estar junto com uma marca mundialmente conhecida dá uma maior credibilidade a nossa instituição. Acreditamos nas causas do Rotary, principalmente, porque temos muita gente boa da nossa cidade, formadores de opinião, lutando por esta organização. Isso nos parece aumentar a  confiança perante a comunidade nos nossos trabalhos”. Com cerca de 100 funcionários, Pacholek relata sobre a escolha de Campo Mourão para receber a UNICAMPO. “Fui colaborador do SESC por mais de 30 anos e quando sai de lá, achei que não fosse mais trabalhar à noite, mas com um grupo de amigos decidimos montar uma empresa voltada para se fazer pós-graduação, o Instituto Makro. Hoje somos em 20 sócios, sou o responsável como mantenedor, temos um Conselho Administrativo e Gestor para apoiar nas decisões do dia a dia. Do Instituto Makro se originou a faculdade. O Instituto nasceu como uma consultoria, serviços de palestras, trabalhei muito para cooperativas, com temas voltados à liderança, clima organizacional, gestão participativa, foi um período profícuo, por uns 7 anos”, relembra o mantenedor. Hoje o Instituto Makro realiza assessoria educacional, em cidades pequenas, como em São João do Caiuá, além de cidades maiores como Guarapuava, Cianorte, entre outras. Também fazem consultoria na área social, voltada para famílias que fazem parte, por exemplo, do “Programa Minha Casa Minha Vida”, ações que são prestadas na região do COMCAM, Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão. A UNICAMPO surgiu com a oferta de cinco cursos – Psicologia, Enfermagem, Serviço Social, Gestão de Cooperativa e Gestão Comercial. “Inicialmente começamos no Colégio Vicentino Santa Cruz, no centro, por dois anos e depois nos estruturamos em um campus fora da cidade, atualmente temos 11 cursos ofertados, passamos a oferecer Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Direito, Estética e Cosmética, Fisioterapia e Gestão de Recursos Humanos”, conta Pacholek. Segundo ele, diante do cenário econômico, as pessoas estão inseguras de fazer investimentos em todos os setores e as faculdades particulares também sentiram essa realidade. “A captação e retenção de alunos é uma dificuldade que enfrentamos. Buscamos expandir a faculdade  ofertando cursos diferenciadas do que temos na região. Nem sempre isso é possível, mas esse é o primeiro norte, priorizando a viabilidade de cursos que tenham aceitação, seja pela sua modernidade ou cursos tecnólogos, rápidos, de dois anos e meio, além de cursos tradicionais que toda faculdade acaba tendo que ter”, explica. Há cerca de 25 anos morando em Campo Mourão, Pacholek se considera um cidadão mourãoense, afirma ter estruturado ao lado dos parceiros um campus moderno, que possui ainda um andar e meio para ser utilizado, visando a expansão de mais cursos. “A concorrência é bastante grande, nós estudamos o fator preço, mas ele não é um direcionador das nossas ações. Pautamos por manter a qualidade, a simplicidade dos princípios, dos relacionamentos com a comunidade. Essa postura tem nos trazido resultados positivos, muito além da parte comercial do negócio”, defende.  Larissa Nakao Comunicação Corporativa

Postado em 12 de Julho de 2019

GAs em Ação - Claudia A. Cesario Sguissardi – Grupo 7: Campo Mourão Lago Azul, Iretama, Luiziana e Roncador

Em 2015, Claudia recebeu o convite para participar do Rotary Club de Iretama e desde então, encantou-se com os trabalhos da organização na comunidade. Casada, mãe de três filhos, dois deles são agrônomos e o mais novo cursa Medicina em São Paulo. “Ao perceber que meus filhos estavam crescendo e buscando seus caminhos, senti a necessidade de fazer algo pela cidade, no início em ajudar a APAE ou o Lar dos Velhinhos, mas não sabia como. Quando comecei a participar das reuniões do Rotary, percebi que ali estava a oportunidade que eu tanto procurava”, relembra a governadora assistente do Grupo 7. No ano de 2016 foi indicada a presidência do clube e foi durante a preparação e os treinamentos que conheceu a grandiosidade do Rotary. “Aprendi que juntos podemos fazer um projeto significativo e ajudar um maior número de pessoas. Foi assim que junto com meu clube fizemos um Projeto Distrital em nossa cidade e participamos do Projeto Global com um clube de Osorno, no Chile”, conta. Na gestão 2018-19 assumiu o cargo de protocolo e no final do ano passado recebeu com alegria o convite do governador Edio Martello para ser sua governadora assistente. “Aceitei mesmo sabendo que teria que me desdobrar para me dividir entre minha família e o novo cargo que acabara de aceitar, com apoio do meu marido e filhos. Está sendo uma experiência única, os treinamentos que já tivemos nos mostra a cada dia o maravilhoso trabalho que o Rotary faz pelo mundo, todos unidos em um só objetivo ajudar o próximo, a cada encontro saímos mais motivados a desenvolver trabalhos humanitários ao redor do mundo”. Larissa Nakao Comunicação Corporativa

Postado em 08 de Julho de 2019

Cerimônia de transmissão e posse do governador 2019-20 Edio Martello

06 de julho! Uma noite memorável para o Distrito 4630. Cerimônia de transmissão de cargo da governadoria do Distrito 4630. O governador 2018-19 Carlos Naves deu posse ao governador 2019-20 Edio Martello. Apesar do grande frio, tivemos a presença em massa da família rotária. Agradecemos todo o carinho recebido e com certeza será o melhor ano de nossas vidas! GD Edio Martello e Rosy

Postado em 06 de Julho de 2019

Renato Tavares se despede da Comissão Distrital da Fundação Rotária

O governador 2015-16 Renato Tavares esteve à frente da Comissão Distrital da Fundação Rotária por três anos, de 2016 a 2019, com a responsabilidade de ensinar os clubes a desenvolverem projetos e a aumentarem a arrecadação para a Fundação Rotária. “O Rotary prega que como rotariano devemos fazer o bem no mundo. A Fundação Rotária é a grande ferramenta para que possamos fazer o bem e de forma sistematizada, com resultados de impacto, utilizando a experiência de mais de 100 anos de história. Mostramos a necessidade de que estes projetos precisariam ser duradouros e sustentáveis. Os clubes tinham muito receio de desenvolver projetos globais. Alteramos o modelo dos projetos distritais para que ficassem iguais ao modelo do subsidio global e desta forma os clubes entenderam que o trabalho de fazer um distrital seria o mesmo de um global”, explica. Como resultado, ao longo destes três últimos anos, foram executados 152 projetos de subsídios distritais dos quais foram utilizados US$ 117.140,00 do fundo distrital, que foram transformados em R$ 1.200.000,00 aplicados nas comunidades. Somente em 2018-29 foram 50 projetos distritais realizados, a exemplo da Biblioteca Container de Peabiru, dos brinquedos pedagógicos em Araruna, atendimento a pequenos produtores rurais em Barbosa Ferraz, testes psicológicos em Borrazópolis, colchões para a comunidade Bethânia em Cianorte, em Mamborê atendendo crianças em vulnerabilidade social, uma câmara fria e um refrigerador no albergue em Maringá, e tantos outros. Em relação aos subsídios globais, a Comissão Distrital da Fundação Rotária nos últimos três anos desenvolveu 18 projetos globais, totalizando US$ 977.803, quase 1 milhão de dólares, entregues nas comunidades. Foram utilizados US$ 125.000 do fundo distrital para este fim, o que dá um fator de multiplicação de mais de sete vezes. Em 2018-19 foram 7 projetos pagos e mais outros 18 projetos estão na fila. “As contribuições à Fundação Rotária nos últimos três anos atingiu a cifra de US$ 964.784,00, quase 1 milhão de dólares. Somente no último ano, até este momento são mais de 300 mil. Os rotarianos do Distrito 4630 sabem da importância em contribuir, tendo em vista a verdadeira multiplicação dos recursos em ações humanitárias sustentáveis e duradouras. Fator importante em nossas contribuições são as doações das empresas, pessoas jurídicas que entendem que o Rotary é o mecanismo que irá fazer com que a empresa retorne parte do seu lucro, para a comunidade, através das ações de responsabilidade social”, destaca Tavares. Nas bolsas educacionais o Distrito 4630 encontrou dificuldades em indicar pessoas para as bolsas pela paz mundial, mas em compensação, resultados incríveis surgiram nas bolsas da Geórgia. Nos últimos três anos foram 13 intercambistas que fizeram este programa, somente em 2018-19 foram 5: Flavia, Gabriel, João Felipe, Magno e Vitoria. O VTT, o intercâmbio vocacional, permitiu ao Distrito 4630 receber um grupo da Califórnia do Distrito 5330, que veio com o propósito de conhecer os projetos e ações humanitárias do nosso distrito, como agimos, parcerias e acompanhamento. Foram mostrados cerca de 20 projetos, além da participação do grupo em 10 reuniões rotárias. “Encerro meu período com muito orgulho de ter cumprido o meu dever. Outros virão e a missão a cada dia é maior! Novos patamares serão alcançados e o Distrito 4630 merece, mas o mais importante é que a cada dia teremos aumentado a nossa ação nas comunidades”, agradece o governador 2015-16. Larissa Nakao Comunicação Corporativa

Postado em 02 de Julho de 2019

Mensagem de Roberta Ferron, Presidente da Interact Brasil

Meus queridos companheiros, Para todos nós da Família Rotária se inicia um dos momentos mais esperado, planejado e sonhado da nossa trajetória. O belo da vida é sabermos que ela não é eterna, sabemos que tudo tem um fim, mas vai de cada um saber aproveitá-lo da melhor forma possível. Tenho certeza que todos são gratos ao ano que acabou de se encerrar, mas é necessário olhar adiante e perceber que o Sol ainda nos irradia.Estamos sendo desafiados ser a conexão, conectar o Rotary com o mundo, com pessoas, sentimentos, vidas. Hoje a MDIO Interact Brasil está completando 20 anos de história e em apenas 4 anos como interactiana já tenho marcas de seus trabalhos que levarei para sempre. Vocês já pararam para pensar que se atualmente somos conectados, se “o Interact é união, é o Brasil monstrando integração” se deve pelo trabalho dessa organização que não tem fronteiras, receios, barreiras, mas sim muitos sonhos. Não amamos aquilo que não conhecemos, em 2019-20 quero levar a MDIO Interact Brasil até cada um de vocês, desejo que vocês a conheçam e se encantem assim como eu.Transformem seus sonhos em objetivos, somente assim eles se tornaram realidade. Nenhum homem é uma ilha, completa em si mesma. Todo homem é um pedaço do continente, uma parte da terra firme.Desejo muita luz para todos vocês, continuem sendo a inspirAÇÃO, quando unimos nossos esforços eles tornam proporções inimagináveis. O Interact não forma apenas líderes, ele forma pessoas de um carácter extremamente único, sejam a diferença dentro de suas comunidades. Sejamos faróis de luz, esperança, conhecimento, amor, energias positivas. A conexão começa com nossa transformação e evolução interna, dentro de nossos clubes, distritos, estados.Não cabe a nós controlar o tempo, o que nos cabe é amar e conectar enquanto é tempo.Interactianamente,Roberta Lazzarotto FerronPresidente da MDIO Interact Brasil.

Postado em 01 de Julho de 2019

Localizar site dos clubes